Quais os principais requesitos do carbono activado para uma adsorç ã o eficaz?

A superfí cie de uma partí cula de carbono activado (o adsorvente) que esteja levemente contaminada com o material adsorvidotem uma menor capacidade para ligaç õ es adicionaisdo que uma partí cula de carbono " limpa " . O carbono obtido atravé s da queima de madeira (carvã o) difere do carbono activadona medida em que a superfí cie das partí culas de carvã o está contaminada por outros produtos. Se o carvã o sofrer uma queima adicionalestes produtos desaparecerã odeixando uma superfí cie com uma elevada capacidade de adsorç ã o. Embora os á tomos (ou as molé culas) de carbono sejam mais importantes para a adsorç ã oa estrutura mineral contribui para a forma e para a forç a mecâ nica. O carbono activado pode ser regenerado pela queima do mesmomas as expansõ es e as contracç õ es té rmicas podem eventualmente desintegrar a estrutura do carbono; por esta razã oalgum carbono activado é perdido ou oxidado.

A temperatura afecta profundamente o processo de adsorç ã oo que faz com que as experiê ncias sejam realizadas normalmente a uma temperatura constante. Assimos grá ficos apresentam a forma de uma linhaa chamada linha isoté rmica.


Ricardo Barbosa

O que é a adsorç ã o?

Um processo de adsorç ã o consiste na ligaç ã o de molé culas ou de partí culas a uma superfí ciefenó meno distinto de adsorç ã oque é o enchimento dos poros de um só lido. A referida ligaç ã o à superfí cie é geralmente fraca e reversí vel e quase todo o tipo de materialincluindo fluidos que suspendem ou dissolvem o composto que interessa adsorveré capaz de realizar este tipo de ligaç ã o. Poré mcompostos com cor e outros que possuam caracterí sticas como sabor e cheiro tendem a ligar-se mais fortemente. Compostos que contenham grupos cromogé nicos (arranjos ató micos que vibram a certas frequê ncias do espectro da luz visí vel) sã o fortemente adsorvidos a certos materiaiscomo por exemploo carvã o activado. Por issoa descoloraç ã o é um processo que poderá ser eficiente levado a cabo atravé s da adsorç ã o.
Cristina Carvalho.

Adsorventes industriais mais comuns.

Por forma a remover essa cor preta podem-se usar filtros com pequenos poros que removem muito bem o carbono. A sí lica-gel é uma matriz de dió xido de sí lica hidratada. O alumí nio pode ser obtido atravé s da extracç ã o mineira ou atravé s da precipitaç ã o dos ó xidos e hidró xidos de alumí nio.
Isabel Mendes.


Os adsorventes industriais mais comuns sã o o carbono activadoa sí lica gel e o alumí nio porque possuem uma grande á rea superficial por unidade de peso. O carbono activado pode ser obtido atravé s da queima de maté ria orgâ nica (como casca de ovomadeira e ossos). A queima decompõ e a maté ria orgâ nica em grâ nulos de carbono. Embora o carbono activado seja excelente para o processo de adsorç ã oa sua cor preta persiste apó s o tratamento mesmo que se usem pequenas quantidades de carbono
Inê s Lima Reis